terça-feira, 2 de novembro de 2010

Experiência


Observando as minhas filhas, lembro da inquietude avassaladora oriunda da infância. Recordo dos momentos de inconformismo, dores supostamente incuráveis e birras que também vivenciei, onde qualquer contrariedade era um motivo para o mundo se acabar. Quantas vezes "meu mundo caiu"? Quantas vezes eu sofri copiosamente por não ir "aquela festa", por ter ficado de mal com a melhor amiga ou por não ser correspondida naquele momento de paixão? E tudo passou. E tudo passa. O sofrer não é perpétuo!!!
Percebo que a maioria de tudo o que sofri, foi causado pelo meu inconformismo, por seguir em caminhos tortuosos, aparentemente mais fáceis, por não me respeitar ou priorizar o meu bem estar, por querer agradar demasiadamente os outros, sobrepondo as minhas necessidades.
Essa reflexão me faz compreender de onde vem a sabedoria dos idosos. Os mais velhos aprendem mediante a vivência adquirida outrora. Eles exercitam a paciência por saber que todas as dores são voláteis e podem ser evitadas se não pisarmos em terreno pouco seguros.
Daí você me diz: como a Fadinha quer que eu aprenda com experiências que ainda não tive? A resposta é simples: você ainda não teve, mas pode observar exemplos vivenciados pelos outros e que são mostrados a todo tempo.
Soframos menos. Vivamos mais!
A felicidade está ao alcance de todos. Se a sua vida não é perfeita, deguste-a como se apresentar. Aos que temem a solidão, como eu temia, lembre-se que as vezes o preço de uma companhia pode ser muito caro! E algumas companhias são dispensáveis por ser fonte de problemas futuros! Saiba ser o seu melhor amigo, se curta, se ame, se acaricie buscando companhias que realmente desejem o seu bem. Ninguém gosta de pessoas que não se valorizam. Nin-guém!
Cultive os bons sentimentos, exercite a criatividade e a reflexão, tenha a paciência e sabedoria dos idosos ao analisar os exemplos decorrentes de caminhos a seguir.
Faça-se feliz todo dia!
Um xêrão bem "gortoso".

17 comentários:

  1. fala serio?? esse foi pra mim néh?.. rsrsr
    e quer saber gostei, e gostei muito tá...
    tenho aprendido com erros alheios... (vc sabe)
    um beijo daqui no céu, indo e voltando...
    minha irmã amada....

    ResponderExcluir
  2. Sabe, muita vezes é mais facil aprender com as dor dos outros, pois assim não trazemos uma marca em nosso corpo, só aprendizado.

    Fique com Deus, menina Fadinha.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Ai Fadinha!!!
    Sempre sábia nas postagens.
    Semana passada visitei minha avó que ano que vem completará 90 anos cheia de saúde!!!!
    E pude ver como ela está muito mais sábia e generosa!!!!
    Bjos e obrigada pela visita
    (ah! foi com essa avó que aprendi certas coisas da hortinha)

    ResponderExcluir
  4. Fadinha!
    Que belo texto, para quem sabe valorizar a vida. E deste, tirar um bom aprendizado e usar no dia-a-dia.
    Eu costumo dizer: O mundo é um espelho que gira a trezentos e sessenta graus e as coisas que acontecem a nossa volta, devem ser usadas como referência para o nosso amanhã.

    Abraços Jota.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Fadinha me desculpe, esta exclusão do comentário foi porque postei em duplicidade Ok!

    Até +.

    ResponderExcluir
  7. Post simples e em realista. Adoro vir aqui te ler. Só vou discordar da frase da imagem, pois a minha pele JAMAIS será como aquela. Nossa Senhora do Botox e do Ácido Hialurônico me proteja!!! hehe

    ResponderExcluir
  8. Ah, veja o post incrível da @elainegaspareto

    http://elainegaspareto.blogspot.com/2010/11/o-preconceito-presidenta-e-o-fim-do.html

    ResponderExcluir
  9. Querida.
    Vim aqui porque acabei de lembrar de você!
    tava assistindo tv e passou a propaganda da sensão da tarde de amanhã... É um desenho da fadinha. rsrsrs

    Beijo :*

    ResponderExcluir
  10. Por incrível que pareça eu aprendi a ser minha melhor amiga... e isso foi às duras penas... mas aprendi. Hoje convivo muito bem com meus momentos de solidão.

    BeijoZzz

    ResponderExcluir
  11. Oi Fadinha!
    Estou fazendo um curso, e na entrada da classe tem um quadro: "Aprenda com os erros dos outros". Essa é mesmo uma boa lição, pois nesta vida não temos tempo para cometer todos os erros do mundo para aprender o que é melhor.
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  12. Eita Flavinha, vc fez é um senhor post!
    esse recado é pra moçada imprimir e ler, ler, ler.

    Um recado de sabedoria, a vida só tem sentido pelo que a gente faz, não pelo que tem. E pela nossa história de vida, que podemos tracá-la melhor, basta querer, não é?

    um bjo pra vc, pra Aninha e abraço pro maridão!

    bom descanso

    ResponderExcluir
  13. muito bom a sensibilidade e consciencia do texto.
    Muito bom.
    Belo blog.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  14. Que texto lindo! peço licença pra mandar pra minha filha. Ela precisa ler isso. Obrigada. Bjos...

    ResponderExcluir
  15. Oi querida passei pra desejar um lindo domingo pra vc! E encontro um texto e tanto. Nos mostra a nossa realidade, que frase verdadeira:... mas a sua um dia será como a minha! Fico trite as vezes olho para minha mãe que está assim, e fico pensando, pensando... Faz parte da vida. Bjus.

    ResponderExcluir
  16. Olá Fadinha
    Lindo texto, mas acho que a experiência do outro, pouco serve para nós, pois só aprendemos quando sentimos na pele, quando caímos e criamos força para levantar e aprendemos com a queda.
    Bjux

    ResponderExcluir
  17. é Wand.. sabe que tenho sentido isso...
    mas tenho também aprendido com muitas experiências
    vividas e contadas aqui ...
    mas realmente quando se faz cicatrizes não se esquece jamais.. e se aprende pra valer...
    gosto de vc viu...

    ResponderExcluir


VOLTE SEMPRE!!!!
 
BlogBlogs.Com.Br